top of page
Buscar
  • Foto do escritorcontato811642

Logística 4.0 traz avanço tecnológico e evolução nos processos 

A logística vem crescendo com o passar dos anos e criando novas tecnologias para potencializar cada vez mais o trabalho dentro dos armazéns e de toda a equipe que participa do processo para o sucesso das empresas. Entre as novidades está a logística 4.0, resultado de uma evolução que vem transformando os processos desde o século passado – surgiu a partir do impulso da chamada Indústria 4.0, com avanços tecnológicos. A logística não poderia ficar de fora e aproveitou o momento também para apresentar sua evolução e acelerar o desenvolvimento a partir das novas tecnologias, com muito mais profissionais interessados a respeito das oportunidades que a mesma oferece.


Para Eduardo Banzato, Diretor do Grupo IMAM e especialista em Supply Chain, qualquer empresa que deseja ser competitiva e avançar no mercado precisa otimizar seus processos e boa parte do desafio passa pela automação. “O desafio da automação dos processos é o que de fato deve ser automatizado.”


Automatizar sem analisar o Retorno sobre os Investimentos (ROI) é um dos maiores riscos do processo de automação. Um grande risco, segundo Eduardo, é também fechar os olhos para a automação em períodos em que a empresa está evoluindo bem e buscar fazê-lo apenas quando se percebe a queda na competitividade e nos resultados.


A Inteligência Artificial (IA) também é uma grande aliada que irá favorecer a gestão e o operacional das empresas de logística. “A IA é um dos caminhos utilizados para a automação dos processos e avançará cada vez mais, pois aumenta a abrangência da automação, disponibilizando os profissionais para atividades mais nobres no negócio. Certamente, a Inteligência Artificial deve gerar um aumento significativo da competitividade das empresas que estão investindo cada vez mais neste sentido.”


Entender e mapear processos é tão importante quanto implementar controles, uma vez que o mapeamento dos processos é a base para se compreender melhor os mesmos. ‘É fundamental para que possamos simplificá-los ao máximo, evitando justamente a necessidade de tantos controles. O controle é importante para monitorar os processos, mas precisam ser simplificados ao máximo para que decisões possam ser tomadas de forma mais rápida e objetiva”, explica Banzato.


Outra orientação é que as empresas que trabalham com armazéns e equipes de logística pensem também no futuro como forma de garantir sucesso a longo prazo. “O futuro nunca elimina por completo as empresas que não se apoiam nas melhores práticas, mas reduz pouco a pouco a competitividade das mesmas até que muitas optem por mudar de negócio, atuar em nichos de mercado, etc. Sendo assim, essas empresas não serão mais protagonistas de seus segmentos”, expõe Eduardo Banzato.


O executivo comercial da empresa e-Ship Tecnologia Logística, Alexandre Schnorr, reforça a importância da logística 4.0 para os armazéns, garantindo uma escala de trabalho constante e saudável. “Acuracidade de estoque, visibilidade, segurança e aumento de performance estão entre os benefícios da logística 4.0. Uma empresa com processos adequados, pessoas capacitadas e tecnologia de ponta é o futuro para que as empresas consigam crescer da maneira desejada.”




1 visualização0 comentário

Comentarios


bottom of page