top of page
Buscar
  • Foto do escritorcontato811642

Temperaturas elevadas podem afetar a saúde dos rins

O Brasil passa por uma onda atípica de calor para essa época do ano. Todas as cinco regiões do país apresentaram aumento das temperaturas e os meteorologistas apontam que o calor continuará aumentando nas próximas semanas. Apesar de muitas pessoas falarem que estão “morrendo de calor” isso pode ser uma realidade fatal. Sim, o calor afeta a saúde. Uma pesquisa publicada na revista científica Lancet revelou que as altas temperaturas estão entre os grandes problemas de saúde pública da década. O calor pode impactar gravemente sete órgãos, entre eles, os rins.


O médico Leonardo Welter, urologista, uro-oncologista e cirurgião robótico, explica que é muito importante que a saúde renal seja observada durante os meses mais quentes do ano. Aproximadamente 15% da população mundial apresenta pedra nos rins ou cálculo renal. “A perda de líquidos pode desencadear alguns problemas renais agudos. Durante os períodos de temperaturas elevadas aumenta o número de pessoas com cólica renal. Mesmo bebendo água, muitas vezes transpiramos mais por causa do calor, o que resulta na formação e mobilização mais frequente dos cálculos no ureter causadores da cólica de rim”.


Evite certas bebidas e alimentos


Em épocas quentes, muitos optam por bebidas alcoólicas geladas, acreditando que também possuem o mesmo efeito de outras bebidas, como água, para ajudar na hidratação. O álcool em grandes quantidades pode causar alterações nas funções renais. Também é importante ficar atento aos alimentos consumidos durante os dias quentes, principalmente aqueles ricos em potássio, fósforo e sódio. Esses grupos devem ser evitados ou ingeridos com moderação.

É importante destacar ainda que quem pratica esportes deve tomar cuidado um extra com relação à hidratação. Esportistas devem se hidratar regularmente antes, durante e depois da prática. Outro grupo que deve redobrar os cuidados são dos pacientes renais crônicos, além de crianças e idosos. “Os dias quentes também podem ser aproveitados, mas lembre-se de tomar os cuidados necessários. Hidratação correta e alimentos leves, assim ajudará na saúde dos rins. Também não esqueça de usar roupas adequadas e filtro solar”, ressalta Leonardo Welter.


Dicas e orientações


Você sabe quanto tem que beber para se hidratar? Segundo pesquisadores, para cada 1 kg de peso, é preciso ingerir cerca de 30 a 35 ml de água, ou seja, uma pessoa com 60 kg deve beber de 1,8 a 2,1 l de água por dia.


Mantenha uma garrafinha de água sempre à vista Por vezes, não bebemos água porque ela não está ali, de fácil alcance e isso compromete a nossa meta de hidratação. Por isso, no trabalho ou em casa, tenha um local para deixar sua garrafinha. Isso vai ajudar você a beber mais água ao longo do dia, sem tanto sofrimento.


De olho na sua meta Se o seu corpo exige 2 litros de água por dia, que tal ter uma garrafa desse tamanho? Ou, então, use uma garrafa com marcações para saber o quanto já bebeu.


Lembrete digital Baixe aplicativos que avisam quando é hora beber água. Vale também colocar alarmes no celular para saber que é hora de se hidratar.


Frutas também hidratam Melancia, melão, morango, laranja e outras frutas têm um alto teor de umidade que ajuda na hidratação.




1 visualização0 comentário

Commentaires


bottom of page